Buscar
  • Poliana Alencar

Quer ser feliz? Tenha inteligência emocional

Atualizado: Fev 26

Atualmente muita gente tem falado em inteligência emocional, mas você sabe o que ela significa?


Vou te dizer agora, tem a ver com a capacidade de cada pessoa administrar as próprias emoções, fazendo escolhas conscientes.

Quer ser feliz? Tenha inteligência emocional

Ou seja, pensar e agir de maneira sábia.


E para isso é preciso desenvolver ao longo prazo autocontrole emocional para lidar com uma série de emoções e conflitos que vão surgir no dia a dia.


Ter inteligência emocional é saber refletir e neutralizar todas as situações negativas de forma equilibrada.


Na nossa rotina por exemplo, há vários compromissos: trabalho, família, relacionamento, amigos, estudos, saúde.


E às vezes não vamos dar conta de tudo, e nem tudo vai sair perfeito, somos seres humanos estamos sujeitos a falhar. Não se cobre tanto por isso.


O problema é que algumas pessoas são perfeccionistas demais, eu já fui assim também. Mas entendi que não sou perfeita e estou longe de ser.


Há diversas cobranças na vida, é muita pressão social, familiar e, principalmente, pessoal em busca de uma perfeição que nem mesmo existe.


Não estou aqui me referindo para você persistir nos erros, pelo contrário, mas não se cobre tanto diante dos acontecimentos a ponto de prejudicar sua saúde mental.


É por isso, que nesses momentos se manter equilibrada é necessário para evitar situações estressantes, como raiva, ódio e frustração.


E uma das alternativas para driblar esses maus sentimentos, é ter inteligência emocional.


Confira agora 16 razões para você adotar esse habilidade que vai transformar sua vida para melhor:


1- Ter inteligência emocional vai te ajudar a ter autoconhecimento, se conhecer melhor, saber analisar os seus pontos positivos e negativos;


2- Melhora a autoconfiança, saber o que quer, e não insistir com pessoas ou decisões que só atrapalham;


3- Aumenta a autoestima, ser você mesma com suas escolhas;


4- Ter senso de responsabilidade, tomar as rédeas da sua trajetória;


5- Desenvolve a empatia – a capacidade de se colocar no lugar do outro. Um excelente exercício para humanidade;


6- Te ajuda a superar as adversidades com confiança e coragem;


7- Não se abater por situações e pessoas medíocres;


8- Ter clareza das metas, objetivos e sonhos;


9- Ser mais produtiva, administrar o tempo a seu favor;


10- Se manter calma, tranquila em situações estressantes do dia a dia;


11- Ter disciplina, foco e atenção tanto na vida pessoal quanto na profissional;


12- Cuidar da saúde física e mental;


13- Aprender que a tudo que ocorre na sua vida, o responsável é você mesma, e não os outros;


14- Saber que nem sempre somos fortes o tempo todo, mas aprender a se levantar e continuar a jornada;


15- Desenvolver suas habilidades e talentos, mostrando para você mesma o seu potencial;


16- Aprender a ser tolerante e paciente.


O poder da paciência

E ser paciente hoje em dia não é nada fácil. Mas é preciso entender que às vezes as coisas não vai ser do jeito que queremos.


Por isso, é importante ter paciência, por mais que você sinta vontade de explodir. Um ótimo exercício é contar até dez, e perguntar para si mesma, se vale a pena se estressar à toa.


Eu garanto que não.


Mas como ser uma pessoa tolerante em uma sociedade que poucos tem bom senso e respeito ao próximo?


Simples, tendo inteligência emocional, equilíbrio e ignorando pessoas ou situações que não merece o seu tempo.


Confesso que demorei muito para aprender os benefícios de ser paciente e tolerante, era muito imediatista, quando queria algo e não conseguia, ficava frustrada.


Foram anos assim, quebrando a cara, caindo e levantando. Mas depois percebi que estava me irritando com coisas que não valiam a pena.


Ter inteligência emocional muda a forma como você enxerga a sua volta, te deixa em paz e te mantém equilibrada para o que realmente importa.


Há quem pense que ser paciente tem a ver com conformismo. Pelo contrário, até porque ninguém deve se conformar com determinadas situações.


É preciso saber o que quer da vida e lutar para melhorar. A paciência nos ensina isso a ter autocontrole.


Ela também nos ajuda a não se frustrar diante dos objetivos, e entender que tudo tem o seu tempo.


Já percebeu que nosso dia a dia há situações que testam o nosso grau de paciência o tempo todo, por exemplo: filas de banco, trânsito, problemas em casa, no trabalho, vizinhos barulhentos, atendentes de telemarketing, enfim.


E sabe qual é a melhor solução para isso? Não é ir para uma ilha deserta, somos corajosas demais para fugir dos problemas.


A melhor saída é manter a calma e evitar o estresse, não pelo outro, nem pela situação, mas por você.


E para se manter zen

Existem diversas alternativas para ficar zen, e uma delas é através da respiração, meditação, yoga e pilates são modalidades que ajudam a aliviar as tensões do dia a dia.


E por fim, concentre-se na única pessoa que importa, você mesma.

Gostou deste post? Então, compartilha, deixe o seu comentário.

0 visualização

© 2020. Poliana Alencar. Todos os direitos reservados.